netflix


Dica de Série: The Good Place

Oláááá

Hoje eu vim para recomendar e falar sobre uma série que se tornou uma das minhas favoritas, The Good Place, eu poderia assistir várias e várias vezes e não perderia em nada a graça, acho que ficou até melhor quando vi novamente!

Bom, eu vou tentar descrever aqui o quanto ela é maravilhosa! É minha primeira dica de série, então relevem ahuahuahuha

The Good Place é uma série de comédia e fantasia, criada por Michael Schur, co-criador de Parks and Recreation e Brooklyn Nine-Nine (ainda falo dessa também ♥) e disponível na Netflix desde de 2017. Tem 04 temporadas no total (a série já acabou infelizmente, eu queria ainda mais!) e episódios mais curtos de uns 22 minutos, o que me levou a maratonar a primeira temporada de uma vez em uma noite!

Eleanor Shellstrop acorda e descobre que morreu e entrou na vida após a morte, e ela é informada por seu mentor Michael que ela está no “lugar bom”, por conta de tudo de bom que ela fez durante toda sua vida na terra. Imediatamente ela percebe que um erro foi cometido, pois pensam que ela é outra pessoa com o mesmo nome. Com medo de ir para o lugar ruim, ela primeiro não fala nada, e alterações estranhas passam a acontecer. Depois pedindo a ajuda de Chidi Anagonye, ela quer poder conquistar o direito de ficar no lugar bom, se tornando uma pessoa melhor. Mas logo ela descobre que pode não ser o único erro cometido por lá.

O primeiro trailer que eu vi da série já me instigou muito! Acho que adicionei à minha lista na mesma hora e logo no fim de semana já comecei a ver.

Trailer Legendado

O detalhe de não poder xingar no Lugar Bom é algo que me faz rir SEMPRE.

O elenco é maravilhoso, eu já achava a Kristen Bell muito engraçada e carismática e ela esta perfeita como Eleanor, Ted Danson como o mentor e guia desse mundo novo também não poderia ser melhor, William Jackson Harper (Chidi), Jameela Jamil (Tahani) e  Manny Jacinto (Jianyu Li) também trazem tudo aos seus personagens e a interação entre eles é outra coisa que me chamou atenção no seriado. Um ponto realmente que se destaca e precisava falar é a D’Arcy Carden como Janet, que é uma assistente da vizinhança/ser do pós vida, quase que uma robô sabe tudo que está sempre pronta para ajudar os humanos que chegam ao lugar bom, ela está excelente e é uma das minhas personagens favoritas, não tem como não amar.

A temática do pós-vida, de ir para o lugar bom ou o lugar ruim e os porquês é algo que prende bastante, traz regras e reflexões muito legais, o tipo de série que você ri junto e depois ainda pensa na mensagem que trouxe.

Os conflitos internos e externos dos personagens levam a história com naturalidade e mantém a individualidade das suas personalidades, tanto as boas quanto as ruins.

À medida que a trama cresce e vamos acompanhando e aprendendo mais sobre esse mundo, vamos nos apegando aos personagens e aos destinos deles. O desenvolvimento deles ao longo não só da primeira temporada, como de todas, é algo que eu achei muito bem trabalhado.

O que eu mais amei nessa série, além de ser engraçada e dos personagens que são super bem construídos e desenvolvidos (eu valorizo muito isso nas séries e filmes que vejo), é o quanto é leve e gostosa de ver. Em todos os episódios, me deixava com uma sensação tão boa e de felicidade. Me apaixonei pelo clima da série desde o primeiro episódio.

Tentei falar o possível que podia sem trazer nenhum spoiler. Espero que assistam e se apaixonem por ela também. E que me contem o que acharam! :)

Beijos e até mais ♥