Dica de Série: The Good Place

Oláááá

Hoje eu vim para recomendar e falar sobre uma série que se tornou uma das minhas favoritas, The Good Place, eu poderia assistir várias e várias vezes e não perderia em nada a graça, acho que ficou até melhor quando vi novamente!

Bom, eu vou tentar descrever aqui o quanto ela é maravilhosa! É minha primeira dica de série, então relevem ahuahuahuha

The Good Place é uma série de comédia e fantasia, criada por Michael Schur, co-criador de Parks and Recreation e Brooklyn Nine-Nine (ainda falo dessa também ♥) e disponível na Netflix desde de 2017. Tem 04 temporadas no total (a série já acabou infelizmente, eu queria ainda mais!) e episódios mais curtos de uns 22 minutos, o que me levou a maratonar a primeira temporada de uma vez em uma noite!

Eleanor Shellstrop acorda e descobre que morreu e entrou na vida após a morte, e ela é informada por seu mentor Michael que ela está no “lugar bom”, por conta de tudo de bom que ela fez durante toda sua vida na terra. Imediatamente ela percebe que um erro foi cometido, pois pensam que ela é outra pessoa com o mesmo nome. Com medo de ir para o lugar ruim, ela primeiro não fala nada, e alterações estranhas passam a acontecer. Depois pedindo a ajuda de Chidi Anagonye, ela quer poder conquistar o direito de ficar no lugar bom, se tornando uma pessoa melhor. Mas logo ela descobre que pode não ser o único erro cometido por lá.

O primeiro trailer que eu vi da série já me instigou muito! Acho que adicionei à minha lista na mesma hora e logo no fim de semana já comecei a ver.

Trailer Legendado

O detalhe de não poder xingar no Lugar Bom é algo que me faz rir SEMPRE.

O elenco é maravilhoso, eu já achava a Kristen Bell muito engraçada e carismática e ela esta perfeita como Eleanor, Ted Danson como o mentor e guia desse mundo novo também não poderia ser melhor, William Jackson Harper (Chidi), Jameela Jamil (Tahani) e  Manny Jacinto (Jianyu Li) também trazem tudo aos seus personagens e a interação entre eles é outra coisa que me chamou atenção no seriado. Um ponto realmente que se destaca e precisava falar é a D’Arcy Carden como Janet, que é uma assistente da vizinhança/ser do pós vida, quase que uma robô sabe tudo que está sempre pronta para ajudar os humanos que chegam ao lugar bom, ela está excelente e é uma das minhas personagens favoritas, não tem como não amar.

A temática do pós-vida, de ir para o lugar bom ou o lugar ruim e os porquês é algo que prende bastante, traz regras e reflexões muito legais, o tipo de série que você ri junto e depois ainda pensa na mensagem que trouxe.

Os conflitos internos e externos dos personagens levam a história com naturalidade e mantém a individualidade das suas personalidades, tanto as boas quanto as ruins.

À medida que a trama cresce e vamos acompanhando e aprendendo mais sobre esse mundo, vamos nos apegando aos personagens e aos destinos deles. O desenvolvimento deles ao longo não só da primeira temporada, como de todas, é algo que eu achei muito bem trabalhado.

O que eu mais amei nessa série, além de ser engraçada e dos personagens que são super bem construídos e desenvolvidos (eu valorizo muito isso nas séries e filmes que vejo), é o quanto é leve e gostosa de ver. Em todos os episódios, me deixava com uma sensação tão boa e de felicidade. Me apaixonei pelo clima da série desde o primeiro episódio.

Tentei falar o possível que podia sem trazer nenhum spoiler. Espero que assistam e se apaixonem por ela também. E que me contem o que acharam! :)

Beijos e até mais ♥


Resenha: Esfoliante Antissinais Natura Chronos

Oláááá

Como eu já havia dito ano passado por aqui, uma nova paixão que eu descobri e queria muito estar por dentro há mais tempo é Skincare, para mim se tornou mais do que um auto cuidado, é um tempinho que eu tiro pra mim, pra não pensar em muita coisa e só relaxar.

Acabei inclusive desanimando um pouco por alguns meses, mas já consegui reinserir na minha rotina e estou seguindo direitinho faz uns dois meses!

Caso alguém ainda não saiba, Skincare é literalmente cuidados com a pele em inglês, e acabou se tornando o termo que define nossa rotina de cuidados, tanto a noturna quanto a diurna, para buscar uma pele mais
saudável, hidratada, luminosa, uniforme e jovem por mais tempo. E também pode incluir tratamentos para problemas mais específicos como acne, hiperpigmentação, textura, linhas finas e outros. Vou parar por aqui pois eu empolgo huahua, em um próximo post falarei mais sobre Skincare especificamente, hoje o assunto é um esfoliante!

A esfoliação é um passo importante, ela ajuda a remover as células mortas, desobstrui os poros e ajuda na renovação celular. Os esfoliantes podem ser físicos, químicos, enzimáticos ou ter mais de uma ação conjunta.

O produto de hoje, é um esfoliante físico e químico, ele possui microesferas de bambu que agem na esfoliação física, pelo atrito, ajudando a remover as células mortas e também possui Ácido Glicólico, que é um alfa-hidroxiácido (AHA), ele pode trazer vários benefícios à pele, esfoliar, estimular o colágeno, ajudar a reduzir rugas finas, controlar a oleosidade e clarear a pele. Mas a principal função é esfoliar.

Esfoliante Antissinais da linha Natura Chronos.

Segundo a marca:

Pele uniforme, macia e luminosa desde a 1ª aplicação. Suaviza linhas finas. Para todos os tipos de pele.

O Esfoliante Antissinais possui um mecanismo duplo de esfoliação: esfoliação física, que remove as células mortas da superfície da pele, e esfoliação química, que penetra nos poros e estimula a atividade celular. Esta combinação garante uma esfoliação intensa e eficiente.

Benefícios:

 Uniformização da textura da pele.

 Redução das linhas finas.

 Estimula a renovação celular.

 Previne a formação de cravos, deixando a pele mais macia, luminosa e uniforme desde a primeira aplicação.

 Fragrância que promove sensação de bem-estar.

Ativos:

 Microesferas de bambu.

 Ácido glicólico.

Conteúdo: 50 g.

Ingredientes
AQUA, BAMBUSA ARUNDINACEA STEM POWDER, GLYCOLIC ACID, GLYCERIN, DIMETHICONE, CYCLOPENTASILOXANE, ELAEIS GUINEENSIS OIL, STEARYL ALCOHOL, ASTROCARYUM MURUMURU SEED BUTTER, GLYCERYL STEARATE, SODIUM HYDROXIDE, CETYL LACTATE, SODIUM ACRYLATES COPOLYMER, GLYCERYL DISTEARATE, PEG-100 STEARATE, PHENOXYETHANOL, PARFUM, XANTHAN GUM, POTASSIUM SORBATE, LECITHIN, DIMETHICONOL, TRISTEARIN, DISODIUM EDTA, BHT, CETYL ALCOHOL, SODIUM CARBONATE, TBHQ, CONOBEA SCOPARIOIDES LEAF OIL, SODIUM CHLORIDE, CITRIC ACID, CITRONELLOL, BUTYLPHENYL METHYLPROPIONAL.

Eu comprei esse esfoliante por indicação de uma amiga que também ama Skincare e já me apresentou vários produtos (beijo Lígia ♥), eu queria começar a usar um esfoliante químico e ela me falou dele.

O modo de uso é simples, como nos esfoliantes físicos, aplicar sobre o rosto após a limpeza com o rosto úmido e fazer movimentos circulares, lembrando de não colocar muita pressão para massagear e esfoliar, principalmente se sua pele for sensível e não usou ácidos ainda, mesmo que em baixa concentração.

Minha pele não é sensível e eu fiquei MUITO vermelha na primeira aplicação pois usei mais força do que deveria e acabei tendo que ficar hidratando a mais até normalizar, o que levou horas, eu levei um susto enorme huahuahua.

Infelizmente não achei a concentração do ácido glicólico em lugar nenhum, então não dá para saber o quanto é presente a esfoliação química neste caso.

A textura dele é um creme leve com as microesferas de bambu bem finas, elas são bem dispersas no produto e em grande quantidade. Ele desliza muito bem no rosto úmido, tem uma aplicação fácil e sai tranquilamente com água após o uso.

Dá aquela sensação de pele limpa, sem repuxar nem irritar (usando corretamente), e super macia ao toque após o uso, pronta para os próximos passos da rotina.

O valor dele no site da marca é de R$ 59,50, mas já vi mais em conta em promoções no próprio site e com revendedoras.

Minha pele é mista para oleosa e não é sensível, eu costumo esfoliar o rosto 2x por semana, intercalando com outro esfoliante que tem uma formulação diferente, mas só ele já daria conta.

Considero a esfoliação um passo importante na renovação da pele e gosto muito do efeito que sinto.

Primeira resenha de 2021 finalizada, nem acredito huahuahua eu estava até com medo de não lembrar como escrever!

Por hoje é isso!

Beeeijos e até mais ♥


À 2021 ♥

E depois de um intervalo de quase 365 dias, um 2020 meio falhado no recomeço e menos aproveitado do que gostaria, shows muito esperados suspensos, muitos choros, algumas crises de ansiedade, um casamento lindo de pessoas especiais que ajudou 2020 a valer a pena e finalmente uma esperança logo no horizonte com as vacinas, voltei!

Bem, oláááááá huahuahuaa

Ano passado foi complicado para dizer o mínimo, a mudança radical nas rotinas e na presença física nas vidas uns dos outros foi o que mais me pegou. Eu sou uma pessoa do toque, do abraço, da presença, então não consigo nem explicar direito como tudo isso ainda me afeta. Saudade dos momentos que não chegaram em 2020, que foram adiados até a vacina chegar (e logo chegaremos lá!), me pegava extremamente chateada por não poder estar fisicamente com todos que amo, apertando e compartilhando a vida.

Acabou sendo um ano de muita reflexão (meio forçada, mas foi) e de valorizar ainda mais as pessoas.  Pelo menos pra mim. Eu tenho uma enorme tendência de me isolar e me afastar e ainda bem que não caí nesse padrão esse ano! Sou muito grata por ter pessoas tão especiais comigo, mesmo que muitas vezes virtualmente.

Perdi as contas das lives de sertanejo (que eu nem ouço huahuauha e devo dizer que tem muito amor envolvido aqui pra eu ouvir) que fiz com amigas incríveis para nos sentirmos no mesmo ambiente, inclusive teve Sandy e Junior (pra eu pelo menos saber cantar todas as músicas de pelo menos uma live huahuahua), das ligações de vídeos em aniversários, e também em dias do pais e mães e outras datas para poder ver meus irmãos, do aguardo da liberação da data de um show esperado cada dia mais (ainda pendente), de voltar a me lembrar o quanto eu amo música (e de ouvir de tudo um pouco inclusive as mais nostálgicas com quem se empolga junto), de conversar com quem aquece o coração, ouve chorar e tranquiliza, dos incentivos e de incentivar, de confiar no desenvolvimento da vacina e tantos momentos mais que ajudaram esse ano a passar mais rápido e não ser completamente perdido. E os abraços que puderam ser dados depois de tempos longe, foram ainda mais aproveitados e apertados. Recomecei até a treinar, em casa mesmo, e no meu tempo.

Pensei várias e várias vezes em vir me refugiar aqui, desabafar e falar o que desse na telha, mas não me sentia nem pronta nem forte pra isso e acabava desistindo pouco depois de abrir o Word para escrever. Consegui escrever um pouco na parte de ficção (que é a minha paixão), mas nada que consegui trazer e postar aqui, mas 2021 tá aí para isso, o ano todo pra eu pensar em como trazer essa parte de mim para o blog também. Preciso dar um jeito na insegurança que eu tenho dentro de mim, me colocar fora da minha zona de conforto.

2021 se resume para mim em esperança e reencontro, não só com o mundo, mas comigo mesma e com o blog também. E já começou com as noticias mais lindas e repletas de amor. Comecei esse ano amando ainda mais as minhas pessoas, foram mais que fundamentais pra ajudar meu 2020. E eu mal posso esperar para poder voltar para a “vida normal”, mas não exatamente como era antes, e sim melhor. Com mais amor, mais demonstração de carinho, mais presença e ainda mais alegria.

Posso estar sendo um pouco otimista demais, mas é o que eu desejo de coração, pra todos.

E por hoje é isso, meu mini desabafo, mini atualização de 2020, ao mesmo tempo que celebração e ansiosa por 2021. Acho que uma das melhores partes da vida é poder recomeçar, se dedicar ao que a gente gosta e poder construir nosso mundo, sempre que quisermos.

Beeeijos e até mais ♥


Recomeçando

Olááá!

Nem acredito que faz quase 5 anos que não posto nada por aqui. Me dá um mix de vergonha e tristeza ao mesmo tempo.

Apesar da falta de tempo, às vezes da falta de ânimo e depois, muitas vezes, de não saber como recomeçar, nunca consegui realmente esquecer esse espaço, continuei sempre mantendo a hospedagem e o domínio do blog e mexendo em uma coisa ou outra na estrutura e manutenção,
mesmo que não diretamente com posts.

Escrever, para mim, sempre foi a melhor forma de conseguir me expressar e criar, tanto para resenhar algo, contar de algum filme ou livro, escever contos, histórias, letras de músicas, e até mesmo conversar e desabafar. Escrevendo, eu sempre senti que conseguia falar o que precisava, sem ficar travada pela emoção (pensa em uma pessoa emotiva e agora multiplica por mil huahuaha: prazer, Ana).

Me fazia falta poder dar minhas opiniões e experiências com algumas coisas por aqui, que sempre foi um lugar que me fez muito bem.

Não sei bem como vai ser e dessa vez não vou fazer promessas de postar x ou y vezes por semana, quero voltar a postar por vontade e não pela “obrigação” de um compromisso (por mais que esse compromisso seja comigo mesma na verdade hauhauha). Quero que escrever aqui da mesma forma que escrevo meus contos e histórias, livre e no meu tempo.

Eu sinto que eu preciso me reencontrar no blog novamente e conhecer melhor quem eu sou agora, faz muito tempo que me afastei e muita coisa mudou, tanto por dentro quanto por fora. Mas como a vontade de voltar para cá nunca passou, é algo que eu acredito que preciso dar continuidade aqui.

Desde que parei, participei de 3 Antologias e publiquei 3 contos, algo que ‘eu’ de 2015, por mais que sonhasse e quisesse muito participar, não teria coragem jamais, naquela época eu não abria meus textos para ninguém, não me sentia segura para isso, só de pensar meu estômago embrulhava. Ainda não tenho muita segurança nisso, mas já consigo me expor mais. Me mudei para minha própria casa, uma conquista dividida com o meu namorado e da qual temos muito orgulho, ainda está longe de estar tudo do jeito que queremos, mas passo a passo chegaremos lá. E também, depois de muito enrolar (muito, mas muito muito mesmo), tirei minha CNH do alto dos meus 30 anos huahuaha (quase no limite do 31 na verdade =X). E sem falar da crise pré 30 também huahuaha, melhor nem comentar! Nada disso aconteceria sem o apoio de algumas pessoas, que são muito mais que especiais na minha vida, e que sou muito grata por ter em minha vida ♥

Ainda continuo apaixonada por livros, cinema e séries, por música, por maquiagem, cosméticos e agora também skincare (a idade chega gente, queria ter começado mais cedo huahuaha) e principalmente, e a cada dia mais, por escrever.

Acho que por hoje é isso. Meu recomeço aqui com um pouco de mim, para me reencontrar, para entrar aqui mais uma vez, conhecer novamente esse espaço que sempre me fez tão bem.

Espero voltar logo :)


Esmalte da Semana: Turquoise & Caicos da Essie 24

Nails Icon

Olá geente!

Tudo bom?

O post novamente está um pouquinho atrasado, fiz a unha quinta.

E eu estava até pensando nisso, de talvez continuar postando alguns dias depois de fazer as unhas pra poder falar melhor sobre as cores, como ficaram, se saiu fácil e essas coisas. Vou pensar certinho nisso! :)

Agora vaamos ao post!

Como sempre digo antes dos posts de esmaltes, eu vou a uma esmalteria aqui na minha cidade, a Mabih Esmalteria e o crédito é todo de lá! As meninas, a Mayara e a Fran, são uns amores! Ótimo ambiente e conversa melhor ainda!

Nessa semana eu estava em dúvida como sempre, e disse que queria fazer algo diferente, então a Mayara sugeriu passar o Turquoise & Caicos da Essie e nos indicadores o Madison Ave-Hue da mesma marca! Eu topei na hora a idéia, já tinha passado várias vezes a famosa ‘filha única’, mas nunca os indicadores diferentes… E adorei!

Vamos às cores ♥

Turquoise & Caicos

Turquoise & Caicos

 

Eu me APAIXONEI por essa cor… Fica demaais nas unhas! *–*

É um verde água liiindo demais! O nome da cor é Turquoise & Coicos, da Essie. Com duas camadas não fechou completamente, mas eu pedi para não passar três, pois fica muito grosso e acaba saindo mais fácil. Mas eu fiquei satisfeita, acho que cobriu bem e a cor é maravilhosa!

Hoje faz cinco dias que eu passei, então posso falar um pouco sobre a duração. Como com outros esmaltes claros (pelo menos comigo quase sempre acontece isso), ele rachou um pouco dos lados, mas não é uma coisa gritante nem que incomode muito e tem que olhar bem de perto pra reparar.

 

Madison Ave-Hue

Madison Ave-Hue

 

Achei esse rosa liindo também… Ainda passarei só ele!

O nome desse rosa é Madison Ave-Hue (eu amo os nomes dos esmaltes da Essie! ♥), ele é um rosa forte, beem Barbie, e fechou super bem com duas camadas. Amei esse rosa!

Para finalizar a Mayara passou uma camada de extrabrilho e óleo secante.

Esse foi o resultado final:

image (1) foto 3

foto 5

E aí? O que acharam das cores? Já esmaltaram o indicador com outro também?

Depois de amanhã já é dia de esmalteria de novo ♥♥♥

Até o próximo post!

Beeijos!

Ana Souza